NOVIDADES

SEGURO DE VIDA EM TEMPOS DE COVID-19
04/05/2020

Caso o indivíduo tenha seguro de vida e faleça por Covid-19, como fica a indenização destinada aos familiares?

Se ficar comprovado que o indivíduo faleceu por motivos de Covid-19, os familiares podem não receber os valores de indenização, uma vez que a maioria dos contratos de seguro de vida, possuem uma clausula de NÃO indenização quando restar comprovado que o falecimento se deu por motivo de pandemia.

   Se constar na certidão de óbito que o indivíduo faleceu por Covid-19 e não foi feito o exame os familiares precisam fazer a retificação na certidão de óbito pois podem perder os valores referente a indenização securitária.

   Como medida para evitar que familiares fiquem desamparados em decorrência de fatalidades causadas pela covid-19, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentou o Projeto de Lei (PL) 890/2020 que inclui na cobertura de seguros de vida óbitos decorrentes de epidemias ou pandemias.

   O seguro tem como objetivo cobrir riscos previsíveis. É com base nessa previsibilidade que é possível precificar o seguro e cobrar um prêmio. Portanto, pandemia e catástrofes naturais são coberturas geralmente excluídas de apólices.

    A Superintendência de Seguros Privados (Susep), reguladora do setor, em nota, diz “monitorar e apoiar iniciativas que busquem melhor atender aos consumidores neste momento de enfrentamento da pandemia”;


topo voltar